gastronomia

“A gastronomia brasileira é um sonho viável.” A frase do chef Alex Atala sintetiza a trajetória do restaurante D.O.M. Criado em uma época na qual havia pouco conhecimento sobre os sabores do Brasil, o D.O.M. nasceu projeto e hoje é realidade. Uma realidade genuína que reverbera por todo o mundo difundindo ingredientes como açaí, jambu e tucupi. Não por imodéstia... por missão.

Atualmente considerado o 9° melhor restaurante do mundo pelo S. Pellegrino World´s 50 Best Restaurants e detentor de duas estrelas no prestigiado Guia Michelin, o D.O.M. é um restaurante singular, sem pretensão de ser eloquente. Ao contrário, sua mensagem é sintática e pungente: sair da zona de conforto e propor uma nova experiência gastronômica, resgatando os sabores mais autênticos da cozinha brasileira sob um olhar contemporâneo.

 

ambiente

 

Em um endereço discreto na rua Barão de Capanema, nos Jardins, em São Paulo, o D.O.M. tem uma ambientação que se destaca pelo equilíbrio harmonioso entre o clássico e o moderno, o conhecido e o selvagem. O número restrito de clientes atendidos diariamente e sua área reservada para eventos atestam o compromisso de oferecer o máximo em conforto e exclusividade.

 
 

TRAJETÓRIA

A princípio, brilhava o exótico. Um jovem chef, ex-punk e ex-DJ, utilizando ingredientes nacionais? "Falta alguém que tenha orgulho de nossa culinária como Villa-Lobos tinha orgulho de nossa música", dizia ele no início de seu novo percurso. Foram necessários alguns anos para a mídia especializada perceber que ali acontecia algo sério. Após uma temporada de sucesso à frente do restaurante Namesa, no final de 1999 o chef Alex Atala iria marcar e, ao mesmo tempo, revolucionar a história da gastronomia no país com um projeto audacioso: a criação de um restaurante contemporâneo de cozinha autoral que resgatasse sabores da cozinha brasileira e desvendasse ingredientes ainda pouco explorados como açaí, pupunha e cupuaçu. Saiu então de cena o aspecto curioso e entrou no palco a percepção do real: um chef maduro, pesquisador e defensor da cozinha brasileira dedicando-se à sua produção mais nobre, contemporânea e etérea. O resultado: o D.O.M. Restaurante. Um restaurante premiado e aclamado pela crítica, mas que continua instigando os apaixonados por alta gastronomia com suas revelações sobre a cozinha e os ingredientes do Brasil.

RECONHECIMENTO

Ao longo dos anos, a afirmação constante de sua filosofia fez com que o D.O.M. deixasse de ser um conceito para se consagrar em termos concretos, conquistando a aprovação do público e da crítica. O sucesso se traduziu em prêmios e reconhecimento internacional tanto da casa quanto de seu chef, Alex Atala. Em 2006, o restaurante passou a figurar na notável lista dos 50 melhores restaurantes do mundo publicada pela renomada revista inglesa Restaurant. Em 2010, passou a ocupar a 18a posição da lista. Em 2011, outro grande salto: ficou em 7º lugar. Já na edição de 2012 conquistou a 4ª posição. Em 2013, foi para o 6º lugar e seguiu como o Melhor Restaurante da América do Sul. Em 2014, o D.O.M. passou a 7º melhor restaurante do mundo, seguiu com o mais alto patamar de uma casa sul-americana e o chef Alex Atala foi reconhecido por seus colegas como o melhor chef do mundo com o "Chef's Choice Award". Em 2015, o restaurante completou 10 anos de presença no prêmio e por 5 anos consecutivos entre os 10 melhores do mundo, ficando na 9ª posição.

Hoje em dia, é preciso fazer reserva com meses de antecedência para degustar os pratos do D.O.M.

Copyright ® 2013 Fotos seção Menu/Sabores : Studio SC | Website:
loader